ACCUEIL | ASSOCIATION | COURS DE CAPOEIRA A NANTES | LA CAPOEIRA C'EST QUOI ? | EVENEMENTS | PAROLES | CONTACT

capoeira nantes capoeira angola

Paroles de Chansons / Letras de Canciones


L'origine première des chansons dans la Capoeira est la (le) Samba de roda, la proximité de ces deux expressions (les lieux de pratique étaient les memes) de la culture afro-brésilienne explique la réappropriation de l'une par l'autre.
nous rescensont ici chansons récentes dont l'auteur est connu et chansons du domaine populaire.

Das aboboras do caldeirao da serra

O galho da roseira

5 horas da manha / Mestre Lua

Na Bahia tem vou mandar buscar / Mestre Limaozinho

Adão, Adão ô cadê Salomé Adão / Mestre Jogo de Dentro

Vou mimbora pra Bahia / Mestre Caiçara

O iaiá, meu senhor mandou chamar / Mestre Paulo dos Anjos

Ele Diz que Eu Sou Covarde / Mestre Paulo dos Anjos

O discipulo e a arte / Mestre Paulo dos Anjos

O Brasil Disse que Sim / Mestres Canjiquinha & Waldemar

Ela tem dente de ouro / Mestre Canjiquinha & Waldemar

Não Sei Como se Vive / Mestre Canjiquinha & Waldemar

O macaco e o leão / Mestre Canjiquinha

O calado é vencedor / Mestre Canjiquinha

No dia que eu amanheço / Mestre Cabecinha

Nao sou filho daqui / Mestre Cabecinha

Na ladeira do Pelourinho / Mestre Bigodinho

Quem compra peixe barato / Mestre Bigodinho

Bahia de todos os santos / Mestre Bigodinho

Ladainha cativeiro / Mestre Marrom & alunos

Tava lá em casa / D.P.

Cajuê/ D.P.

Marinheiro só / D.P.

Dona Maria, seu gato deu / D.P.

Vou ver Juliana / D.P.

Quando eu morrer, me enterre na Lapinha / D.P.

Adeus Corina, dã dã / D.P.

Ê maior é Deus / Mestre Pastinha

Bahia minha Bahia / Mestre Pastinha

Sou Filho da Cobra Verde - Mestre João Pequeno

Jangadeiro tá longe do barco

Olho Grande / Mestre Moraes

Quando eu morrer / Mestre Moraes

Terno de linho / Mestre Moraes

Eu vi a cutia com coco no dente / Mestre Moraes

Na Angola na Angola, tudo é diferente na angola / Mestre Moraes

Jatobá boia na Lagoa

Libertação da Capoeira - Mestre Felipe de Santo Amaro

 

Ele disse que eu sou covarde - O iaiá, meu senhor mandou chamar / Mestre Paulo dos Anjos

Ele disse que eu sou covarde
Diz até que eu tenho é medo
Minha mãe me avisou
Se tu jogar capoeira
Tu se cuida enquanto é cedo
Galinha do olho só
Procura o poleiro cedo
Respondi pra minha mãe
Goteira de bica fina nunca vai furar rochedo
Água de beber
Goma de engomar
Iê ferro de passar

 

       

Promotion & diffusion d'activités artistiques et culturelles du monde et urbaines
Association loi 1901 - Siège Social - 18, rue Pérelle 44000 Nantes

© 2022 - www.terrangola.org - assoterrangola@gmail.com